Home / Academia / 5 Doenças Que Vão Desaparecer Depois De Começar A Ir Na Academia 

5 Doenças Que Vão Desaparecer Depois De Começar A Ir Na Academia 

Cada vez mais as pessoas estão se conscientizando da importância de começar a ir na academia. A prática de atividades físicas traz uma série de benefícios, inclusive, pode ser a solução para muitas doenças.

É possível substituir medicamentos por uma rotina de atividades físicas, sendo uma troca altamente beneficia para sua saúde. Apesar do intuito dos medicamentos ser algo positivo, quanto mais pudermos evitá-los, melhor.

Os exercícios físicos são grandes aliados na qualidade de vida. Arrumar horário para praticá-los três ou quadro vezes na semana fará toda a diferença na sua vida.

Doenças que são tratadas diretamente ao começar a ir na academia

Muitas doenças podem ser resolvidas de vez ou amenizadas ao começar a ir na academia. As principais delas são obesidade, hipertensão, colesterol alto, artrite e problemas com saúde mental.

  1. Obesidade

Um dos maiores propósitos da academia é a perda de peso. Hoje, o índice de obesidade no Brasil e no mundo está alarmante, sendo as comidas prontas e o sedentarismo do século XXI os maiores culpados.

Quando falamos em obesidade como doença, não estamos nos referindo aos fatores estéticos (afinal, é possível estar um pouco acima do peso e ser totalmente saudável), mas, sim, casos onde o excesso de gordura está causando problemas.

As implicações da obesidade são diversas e afetam todos os lados da vida. A prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável é o segredo para emagrecer e ser saudável.

  1. Hipertensão

Muitas são as pessoas hipertensas e a grande maioria delas toma remédio para hipertensão. Será que eles são realmente necessários? As atividades físicas trabalham o sistema cardiovascular de modo a diminuir naturalmente a pressão.

  1. Colesterol alto

O colesterol alto normalmente é associado às pessoas acima do peso, mas isso não é regra. Para combatê-lo é essencial manter uma rotina de exercícios e uma alimentação mais leve.

  1. Artrite

A artrite e uma doença inflamatória nas juntas e causa enorme desconforto. A melhor forma de combatê-la é através de exercícios feitos na água, como natação e hidroginástica.

  1. Depressão, ansiedade e estresse

Se você sofre com problemas na saúde mental e emocional, começar a ir na academia pode ser a solução. As atividades físicas liberam os chamados “hormônios da felicidade”.

Começar a ir na academia: qual atividade ideal?

Então já discutimos que a academia traz muitos resultados e pode ser peça chave para resolver ou amenizar sintomas de muitas doenças. Mas qual, dentre tantas atividades, é a melhor?

Essa pergunta não pode ser respondida pontualmente, pois isso depende do objetivo do aluno e, também, de seus gostos pessoais. Não é obrigatoriamente necessário fazer musculação, há diversas outras categorias, como:

  • Funcional
  • Aulas de boxe
  • Aulas de artes marciais
  • Aulas de ritmos
  • Jump
  • Spinning
  • Natação
  • Hidroginástica
  • Pilates
  • Yoga
  • Treinos HIIT
  • Dentre outros

As academias estão investindo cada vez mais em atividades alternativas, de forma que todo aluno consiga se identificar.

Vá em uma academia conceituada

Começar a ir na academia é uma escolha que deve ser feita pensando na sua saúde. Todos os exercícios físicos são benéficos, no entanto, é fundamental escolher uma boa academia.

O estabelecimento deve contar com uma boa estrutura e, também, profissionais altamente habilitados e qualificados. Somente dessa forma é possível garantir que os resultados serão efetivamente atingidos.

Começar a ir na academia como o propósito de tratar alguma doença requer mais cuidados da parte do professor e ele deve ser qualificado o suficiente para direcionar o aluno ao treino ideal. Quer encontrar tudo isso? Dê uma olhada no site da Pratique Fitness.

Sobre rafael

Veja Também

Como Melhorar A Artrite Na Academia? 

A artrite é uma doença que tem aparecido cada vez mais cedo nas pessoas, principalmente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *